21 de set de 2013

Do céu, o ar, e pássaros - Poema

No céu de cor azul
Voa por entre espaços sem obstáculos
No horizonte de casas com telhados
De cores vermelhas e sombreados avermelhados,
Nuvens no horizonte cortante.

Sobre um azul do céu vivo com nuvens de algodão
É um vento que nos leva para qualquer direção
Nesse por do sol brilhante e reluzente
A luz dessa estrela feita de gás e energia,
Eu sinto ela passar entre os galhos de uma árvore.

Posso ver o céu azulado e esbranquiçado,
Nuvens de algodão e pássaros de papelão
Feitos de artesanato, lindos como o universo
Dessa canção.

O vento nos chama assobiando por essa janela
Que me mostra o céu tão azul inerte
Feito minha vida em tese,
No céu de cor azul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário